Crítica - A Torre Negra - Volume I - O Pistoleiro

1:16:00 PM

Autor: Stephen King
Ano: 2004
Editora: Objetiva


O Pistoleiro é uma das obras de maior importância do escritor norte-americano Stephen King, primeiro da série A Torre Negra, considerada pelo próprio King como sua obra mais ambiciosa, este livro e seus subseqüentes foram inspirados no poema “Childe Roland to the Dark Tower Came”, do escritor Robert Browning, além de conterem inúmeras referências às lendas arthunianas, O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien e diversos elementos da cultura pop, além do clima de velho oeste.
Ele nos apresenta a figura do pistoleiro. Enigmático, experiente e decidido na busca pela Torre Negra, local mítico de ligação entre diversos universos.
A história começa com a descrição da fuga de homem pelo deserto, com um pistoleiro em seu encalço. Roland Deschain é o ultimo dos pistoleiros de seu mundo  e seu objetivo é a busca obstinada pela Torre Negra, dita como o eixo de todo o tempo e espaço. Roland acredita que aquele homem, o Homem de Preto, possui indicações para seu destino, e persegue o mago, que atravesa o deserto sempre na sua frente.
Inicialmente o livro foi publicado em cinco partes pela revista The magazine of fantasy & Science Fiction, entre 1978 e 1981. Mais tarde, em 1982, o livro foi publicado em sua versão integral, mas somente em 1988 ocorreu sua primeira tiragem em massa.
            Stephen King sempre foi conhecido por suas histórias impactantes, sua imaginação criativa e suas obras de horror. Dezenas de suas histórias já foram adaptadas ao cinema, como “À Espera de um Milagre”, “Carrie, a Estranha”, “O Apanhador de Sonhos”, “A Zona Morta”, “O Nevoeiro”, “O Iluminado”, “Christine – O carro assassino”, “A Coisa”, entre outros.
Como todas as histórias de Stephen King, O Pistoleiro é um livro surpreendente e carrega toda a imaginação e capacidade de chocar pela qual o autor é tão conhecido e deve ser analisado como parte de um todo, no caso a obra completa da Torre Negra.
            O Pistoleiro é um livro curto e funciona mais para nos apresentar ao mundo de Roland, o Mundo Médio, um mundo diferente do nosso em diversos aspectos e, principalmente, um mundo em destruição. É para frear ou até mesmo reverter essa desolação que o Pistoleiro vaga obstinado no encalço do Homem de Preto, que lhe guiará até a Torre Negra.
Diversas perguntas são levantadas nesse primeiro volume, como, “O que é realmente a Torre Negra?”, “Quem é o Homem de Preto e qual é a sua importância para a série?” ou “O que levou o Pistoleiro até onde ele está no inicio da história?”. Mas poucas são as respostas, embora isso não atrapalhe no desenvolvimento da história e até mesmo contribui para o tom de mistério da obra.

Ele é um livro bom e intrigante e cumpri o seu objetivo em mergulhar-nos em um mundo novo e à beira da destruição. Seus personagens são profundos, curiosos e cativantes e as escolhas do pistoleiro nos fazem pensar em como as coisas terminaram e como elas irão continuar. É um ótimo começo para uma série que irá surpreender o leitor cada vez.

Abraços

Você também vai gostar de...

1 comments

  1. Tenho muita vontade de ler essa série do King.
    Muito bom o design do blog!
    Abraço.
    http://bravuraliterariablog.blogspot.com.br/

    ReplyDelete

Deixe aqui seu comentário e, se quiser, assine nosso Feed para receber as publicações do "The Reader" em seu e-mail.